O seu Portal de notícia.

Quinta, 21 de outubro de 2021
MENU

Policial

Procurado por matar namorada no Pará por estrangulamento é preso no ES

Prisão aconteceu na última terça-feira (28). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de 43 anos foi encontrado em uma marcenaria em que estava traba

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 43 anos que é suspeito de matar a mulher por estrangulamento no Pará foi preso em Vitória na última terça-feira (28). No Espírito Santo, o homem, que é acusado de agredir mulheres tanto no Pará quanto na Bahia, já estava empregado e em um novo relacionamento.

De acordo com informações da Superintendência de Polícia Interestadual e de Captura (Supic), que divulgou a prisão em coletiva de imprensa nesta quinta (30), o crime ocorreu em 19 de maio do ano passado em Benevides, na Região Metropolitana de Belém.

Na ocasião, de acordo com as investigações da polícia, Damião Araújo Salomão estrangulou a namorada Maria Regina da Costa Chaves, de 37 anos, com quem estava junto há cerca de um ano e meio.

A vítima havia ido entregar comida para o companheiro quando foi estrangulada por ele. Segundo a polícia, Damião ainda fugiu do local usando uma moto que pertencia à Maria Regina.

A partir das investigações, um mandado de prisão foi aberto contra o homem, que era considerado foragido da Justiça desde março deste ano.

De acordo com o superintendente superintendente de Polícia Interestadual e de Captura, delegado Julio Cesar, Damião foi localizado em uma marcenaria do bairro Santo Antônio, em Vitória, local onde estava trabalhando como marceneiro.

Para além do mandado de prisão em aberto pelo crime de feminicídio, Damião também responde a um processo por violência doméstica, que inclui os crimes de lesão corporal, ameaça e cárcere privado contra uma mulher na cidade de Vitória da Conquista, na Bahia.

Após cometer o crime em Belém, o marceneiro teria ido para a Bahia e chegado depois ao Espírito Santo, onde estava há cerca de seis meses. Antes disso, Damião já havia morado no estado entre os anos de 2017 e 2018.

Segundo o delegado Júlio César, há mais de um mês o suspeito já estava em um novo relacionamento com uma mulher da região da Grande São Pedro, em Vitória. Ela, por sua vez, não tinha conhecimento dos crimes pelos quais o namorado era procurado.

"Ele já estava em um relacionamento fixo na região da Grande São Pedro. Então, pelo perfil dele, ele cometeria outro delito no Espírito Santo", disse o delegado.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa do preso.

Fonte/Créditos: G1 Pará

Créditos (Imagem de capa): Damião é suspeito de matar a mulher no Pará — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível!