O seu Portal de notícia.

Quinta, 02 de dezembro de 2021
MENU

Geral

Curta-metragem gravado em Icoaraci é premiado em festival nacional de cinema

A produção reuniu uma equipe majoritariamente feminina, LGBTQIA+, preta e de moradores da periferia.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O curta-metragem 'Flor de Mururé', gravado em Icoaraci e dirigido por Marcos Corrêa e Priscila Duque, do grupo paraense Carimbó Cobra Venenosa, foi premiado com menção honrosa na 29ª edição do Festival Mix Brasil - Cultura da Diversidade, que aconteceu em São Paulo durante os dias 10 e 21 de novembro.

A filme apresenta um episódio ficcional de violência permeada pelo afrofuturismo amazônico, além de misturar elementos documentais e ficcionais com pitadas de surrealidade.

As gravações aconteceram nos distritos de Icoaraci e Outeiro, em Belém. A produção reuniu uma equipe majoritariamente feminina, LGBTQIA+, preta e de moradores da periferia.

O filme, gravado em janeiro de 2021, já passou por mais de 15 festivais nacionais e por cinco festivais internacionais, incluindo exibições presenciais no Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte e em países na Europa, América Latina e América do Norte.

"Sempre o que a gente vê nas gravações de filmes e novelas é utilizarem os espaços, mas trazerem todo o elenco de fora. Quisemos mostrar as belezas naturais de Icoaraci e Outeiro e, também, a população que vive nesses lugares, pra que se sentissem valorizados", conta Marcos Corrêa.

De acordo com o diretor, outro ponto foi que, além de participar das gravações, as pessoas de Icoaraci também trabalharam no filme, estimulando a geração de renda.

'Flor de Mururé' já conta com mais de 5 mil visualizações na internet e foi disponibilizado gratuitamente em uma plataforma de vídeos, com legendas em inglês e espanhol, para que pudesse alcançar públicos no exterior.

Fonte/Créditos: G1 Pará

Créditos (Imagem de capa): A produção reuniu uma equipe majoritariamente feminina, LGBTQIA+, preta e de moradores da periferia.

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível!