O seu Portal de notícia.

Segunda, 24 de janeiro de 2022
MENU

Geral

Chuvas no Pará: cheia em Marabá atinge maior nível no mês de janeiro em 20 anos, diz prefeitura

Nível da água subiu mais 8 cm nas últimas 12 horas

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta sexta-feira (14), o nível do rio Itacaiúnas em Marabá alcançou a marca de 12 metros e 56 centímetros acima do considerado normal, representando um acréscimo de 8 cm nas últimas 12h, de acordo com a Defesa Civil do município.

A Prefeitura informou que a cheia dos rios Itacaiúnas e do rio afluente Tocantins costumava ocorrer a partir do mês de fevereiro. Este ano, com a antecipação do fenômeno, já é a maior cheia do período em 20 anos, desabrigando mais de 1500 famílias em uma semana – na primeira semana, 130 famílias tiveram de sair de suas casas, após uma semana, já eram 1.700 -.

No total, já são 2.011 famílias atingidas: 527 estão em abrigos e 879 foram para casa de parentes e amigos. Ainda há famílias ribeirinhas e ilhadas, que moram no segundo piso de residências e resistem à mudança de local.

Água dos rios já está chegando em abrigos construídos para acolher famílias que já saíram de suas casas por causa das cheias — Foto: Jhone Freires/TV Liberal

Água dos rios já está chegando em abrigos construídos para acolher famílias que já saíram de suas casas por causa das cheias — Foto: Jhone Freires/TV Liberal

As famílias desabrigadas estão em abrigos feitos pela Prefeitura, 13 no total, ou em abrigos não oficiais. Porém, agora há uma nova preocupação, a água está chegando próximo aos abrigos construídos. A Defesa Civil analisa a situação para saber o que será feito.

Confira onde realizar doações às famílias afetadas pelas cheias em Marabá:

  • Central Única das Favelas no Pará (Cufa): Travessa Moura Carvalho, número 102 – B, no bairro da Campina, distrito de Icoaraci - Belém.
    Doações até esta sexta-feira (14): alimentos, roupas, cobertores e fralda.
  • Sede da Secretaria de Assistência Social, Proteção e Assuntos Comunitários (SEASPAC): Travessa da Fonte, bairro Amapá, Marabá (em frente ao CAP e ao lado do Ministério Público Estadual)
  • Sede da Defesa Civil Municipal: Rua 7 de Junho, nº 1020, Marabá Pioneira. A arrecadação é das 8 às 16 horas. Os itens prioritários são alimentos não-perecíveis, itens de higiene pessoal, roupas e artigos de cama, mesa e banho.

Fonte/Créditos: G1 Pará

Créditos (Imagem de capa): Cheia em Marabá já é a maior em 20 anos para este período do ano — Foto: Jhone Freires/TV Liberal

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível!